19 de março de 2009

DICAS PARA O APROVEITAMENTO DA PRÁTICA DE YOGA


• Você tem que estar quente para alongar, mas alongar não é igual a aquecer-se.
• O corpo e o sangue podem esquentar para a energia circular melhor, mas a mente deve permanecer sempre fria, estável e serena.
• Não é a força da gravidade, mas sim sua resistência que desenvolve flexibilidade.
• Para criar espaço no corpo é preciso que este esteja apoiado em uma base firme.
• Criar espaço requer esforço, e esse esforço gera o efeito relaxamento.
• Espaço + firmeza = relaxamento. Trabalho + esforço = progresso.
Procure sempre obter o máximo resultado de qualquer mínimo esforço.

• Tensões musculares representam regiões onde não há espaço suficiente para a energia vital circular.
• Flexibilidade é tanto uma questão física, de articulações e feixes musculares, quanto mental, em plasticidade comportamental, atitude, compreensão e aceitação.
• Imbalanços musculares e irregularidades estruturais não aparecem do nada. Aprenda
com a história de seu corpo e refaça mentalmente o que for preciso, do melhor modo que puder criar.

• O aço é forte e rígido, e para forjá-lo é preciso aquecê-lo até que se torne maleável.
• Não é a imobilidade, mas sim o treino que corrige qualquer imbalanço.
• Não importa o quanto você tenha de experiência ou bom desempenho em alguma coisa, quando você começa algo novo deve ir devagar, com atenção
redobrada e bastante calma.

• Transforme suas fraquezas em fortalezas, reconheça as e trabalhe na expansão dos seus limites. Encare as dificuldades, dores e desprazeres
como possibilidades de evolução da consciência e convites para a criação de respostas inteligentes.

• Não tenha pressa em adquirir resultados, e também não se acomode com os que alcançar, as melhores coisas da vida são conquistadas aos poucos, a gente nunca espera que sejam tão boas e se a gente se descuida elas se vão facilmente.
• Desenvolva mais sua intuição, confie mais no coração, seja crítico e questione sua racionalidade.
• Respire profundamente e conscientemente. Viva o aqui e o agora. Pare de carregar o passado e de se preocupar com o futuro e abrace o presente que
está passando.

• Aprenda a reconhecer e respeitar os limites. Procure aceitar a condição presente e almejar um futuro melhor.
Preste atenção no presente e crie intenção para o futuro.

• Desenvolva a sensibilidade em seu relacionamento pessoal e interpessoal a partir do cuidado de si mesmo.
• Aquele que conhece a realidade do corpo pode vir a conhecer a realidade do universo.
• Meu corpo limitado é como uma turbulência no oceano cósmico. Meu corpo expandido é o universo inteiro.

Mirko Costa, prof. de Yoga em Fpolis.

Share/Bookmark

Nenhum comentário: