8 de agosto de 2009

As Glândulas e as Nossas Emoções


Um estado nervoso ou mental calmo terá influência satisfatória na atividade normal, enquanto um estado preocupado, triste retarda as funções glandulares. As emoções são comandadas pelas atividades endócrinas ou glandulares.
As glândulas são instrumentos de intercomunicação, os transformadores ou transmutadores entre o eu espiritual, divino, Cósmico e o eu mais grosseiro, terreno e físico e que realizam dentro do indivíduo uma alquimia divina (têm que trabalhar em conjunto).
O plexo solar era uma glândula de grande importância, com a função de interpretar e transformar as emoções superiores, inspiradoras, cósmicas ou espirituais dentro do homem nas reações mais grosseiras, materiais e emocionais.
O baço reage as funções emocionais da existência mental, psíquica, espiritual e física do homem e as demonstra, tanto quanto o plexo solar: expressam a idéia de desânimo, infelicidade, irritação, melancolia, mau-humor, se em desequilíbrio.
A condição ideal da mente e do corpo é que todas as glândulas endócrinas tenham perfeito equilíbrio. Não temos outro modo de funcionar ou de expressar o eu senão através do corpo e da mente. Nossos pensamentos afetam essas glândulas assim como estas afetam a mente ou cérebro. Pensamentos torpes e produtos deteriorados da digestão atuam nas glândulas endócrinas e podem lançar a pessoa em um estado de melancolia profunda.
O Templo de sua alma deve ser um templo puro. Deve ser terreno sagrado. Deve ser um Templo de alegria e felicidade. Você pode fazer dele a Catedral de sua Alma. Temos que nos afastar das forças destrutivas do envolvimento do "Lutar ou Fugir ".
O exemplo do gato sob o fluoroscópio ilustrará a condição do caso do homem de negócios. Alimente um gato com uma refeição à base de sulfato de bário, coloque-o sob o fluoroscópio e verá os movimentos ondulatórios (peristaltismo) das vísceras, e enquanto o gato ficar ronronando o peristaltismo não será interrompido. Mas puxe-lhe a cauda e espete-o com um alfinete, irrite-o e o movimento ondulatório parará imediatamente e só recomeçará quando o gato se acalmar e ficar feliz novamente. É a velha história do "Lutar ou Fugir".
Assim, também em nós, enquanto feliz e satisfeito, o movimento ondulatório do trato digestivo será normal, mas logo que há tristeza, medo, raiva, preocupação ou qualquer das emoções inibidoras que impeçam a ação das glândulas (supra-renais, tireóides e hipófise ), então o peristaltismo pára e temos putrefação, fermentação, dificuldades, problemas do fígado, prisão de ventre etc. Enquanto o homem de negócios trabalhar com pressa, raiva, ódio, medo, inveja, tensão, não estará em seu melhor estado. Precisa aprender a "ronronar". É tempo de o homem, em sua evolução, destruir o animal que se esconde dentro de si mesmo e aprender a utilizar suas possibilidades interiores.
Por causa da atuação glandular é que se deve praticar os asanas lentamente, procurando permanecer o máximo de tempo na postura para atingir os centros nervosos e massagear órgãos e glândulas.
A ligação física entre corpo e psiquismo é sempre dada pelos sistemas nervoso e glandular.
Nossa personalidade dependerá do equilíbrio e do adequado funcionamento das glândulas.
Tânia Andrade
Fonte: http://www.syntonia.com/textos

Share/Bookmark

Nenhum comentário: