12 de setembro de 2009


Caminhando pelas rodas da vida,
vou descortinando novos horizontes
conhecendo lugares, uma nova lida,
não tenho paradeiro, sou viajante...

Viajante, andarilho, caminheiro, sou
beija flor, nutrindo-me na seiva do amor,
sentimento nobre que o Criador criou
e espalhou na terra, tendo como símbolo;
a meiguice e ternura de uma flor...

Minha alma voa nas asas do amor e da liberdade,
adapto-me a qualquer localidade e lugar,
armo minha tenda com criatividade,
aguardando a noite festeira chegar...

A noite chega com as estrelas, num sagrado luar,
é hora da festa começar, os sons das cordas do violão,
os ritmos sonoros dos pandeiros, faz-me bailar
numa bela canção que brota do meu coração.

Coração de um bailarino beija flor cigano,
que voa semeando alegria e amor
em novas terras e novos horizontes, além do oceano,
além mar, com bravura e esplendor.

Elias Akhenaton

Fonte: http://www.poemas-de-amor.net


Share/Bookmark

Nenhum comentário: