4 de setembro de 2009

O pecado não existe, exceto na medida em que o criamos.
Somos nós, portanto, que devemos destruí­lo. Se escolhermos
fazer o mal, ele existirá até que o destruamos.
O Bem não podemos
fazê­lo, pois Ele é o próprio
alento do Universo; mas podemos

escolher respirar e viver Nele e com Ele.


Gibran
Share/Bookmark

Nenhum comentário: