28 de setembro de 2009

O que é verdadeiro

 
Eu sou contra as flores de plástico. 
As flores de verdade são muito diferentes. 
As flroes de plástico são permanentes - o amor 
de plástico será permanente. A flor de verdade 
não é permanente: ela muda a todo momento. 
Hoje ela  está lá dançando ao vento, sob o sol 
e a chuva. Amanhã você já não será capaz 
de encontrá-la - ela desapareceu tão 
misteriosamente quanto apareceu.
O amor de verdade é como 
uma flor de verdade.
Osho, in
Faça seu coração vibrar

Share/Bookmark

3 comentários:

Véu de Maya disse...

genuino e verdadeiro...muita serenidade e profundidadeno seu blogue...vou linkar seu blogue pra acompanhar sempre que possível...

meus cumprimentos,

Véu de Maya

Fabiano Mayrink disse...

Bom dia Padma, vim aqui avisar que ja postei o premio que voce me ofereceu, e agradecer novamente pela indicaçao, um abraço!

tambem nao gosto de flores de plastico elas sao "ocas" sem vida sem alegria, e nao transimtem nada para nos

tereza ferraz disse...

O Amor tem em si a plenitude!
Namastê!