22 de outubro de 2009

ÁSANAS


No Raja Yoga, cujo objetivo é a prática da meditação, o ásana é estático, o praticante senta e medita, assim chegará à iluminação; difere do Hatha Yoga, que surgiu depois, a partir do Tantra, onde o corpo é bem importante. Nele se faz o caminho inverso: pratica-se uma série de ásanas ou posturas que incluem torções, flexões, equilíbrio e compressões com objetivo do praticante conseguir sentar em padmásana, permanecer e meditar. Para permanecer sentado, o homem deve estar com a mente tranqüila, e só chegará a este estado de aquietação através da prática regular.
O oriental tem flexibilidade mais com o corpo do que o ocidental, que é sedentário, por isso o Hatha Yoga fez bastante sucesso no ocidente, pois trabalha o corpo e muitos o praticam para melhorar a sua forma física (infelizmente).
O ásana deve ser feito com ahimsa, lentamente e com consciência da respiração. Aos poucos o corpo adquire flexibilidade, a consciência corporal aumenta, a mente torna-se mais tranqüila, e por fim surge o equilíbrio das emoções e o desenvolvimento espiritual. O praticante vê sua percepção aguçada, seu poder intuitivo também estará em sintonia com seu atman, seu eu interior. O ásana começa na mente.
Hatha significa força, esforço e as sílabas Ha significa sol e Tha significa lua, são as polaridades masculina e feminina, positiva e negativa, ativa e passiva, ying e yang de todo ser e sua harmonização é buscada no Hatha Yoga.  Além do oxigênio, há absorção de prana através da respiração e dos ásanas, pois onde circula o sangue, circula também energia. Os canais energéticos Ida e Pingala iniciam nas narinas e descem até Sushumna que fica na base da coluna. Estes canais se entrelaçam através da coluna vertebral, passando por todos os chakras, energizando órgãos, glândulas, células e corpos sutis, promovendo o bem-estar e equilíbrio psicofísico.
Patrícia Melo


Share/Bookmark

2 comentários:

Elisabete Tavares Affonso CRT 44107 disse...

Obrigada pela gentileza do selinho...amei... tenha um belo dia!!!!

Poesias Que Amo disse...

Senti muita paz aqui...
Esta espiritualidade
faz muito bem a alma!

Namastê

Renata Mangeon