1 de outubro de 2009


Dizem os sábios e os místicos que temos, em nosso coração, uma fonte inesgotável de vida e de energia Divina...Os Mestres Ascensionados nos ensinam que esta energia é o nosso EU Divino, que reside em nosso coração; e que esta Presença emana, o tempo todo, vibrações de Paz, de Amor, de Prosperidade, de Saúde. E que somos nós, através de nossos bloqueios emocionais, preconceitos e limitações que impedimos esse Rio da Vida de fluir.
Então a natureza da vida é a abundância...E abundância não significa necessariamente milhões de dólares muito bem guardados, como naquela imagem clássica do Tio Patinhas nadando em dinheiro. Abundância tem a ver com fluidez, com movimento, com leveza, com dar e receber equilibrados.
Um outro ponto é que abundância pode ser também abundância de saúde, de vitalidade, de energia, de amor, de equilíbrio, de paz. E que podemos, a qualquer momento entrar nessa freqüência. E para isso precisamos nos limpar de velhos padrões, de estigmas, de bloqueios.
Esses são ensinamentos que a sociedade geralmente não nos ensina, temos que aprender sozinhos.
Primeiramente é necessária uma força sobrenatural para parar de reclamar da vida. "Mas todo mundo reclama...!" - podem dizer alguns mais ingênuos...
Na minha visão pessoal, diria que reclamar é um terrível pecado. Nestes termos mesmo...terrível pecado... Mas contra quem estamos pecando? Contra nós mesmos e contra o resto do mundo.... Os sábios e místicos também dizem que quando um homem cresce, cresce com ele toda a humanidade. E gratidão gera abundância.
Vamos corajosamente fazer um mergulho dentro de nossa alma e ali identificar humildemente o que precisa ser mudado, e parar de colocar a culpa no outro, no governo, no dólar...
Podemos conectar a energia da abundância de um minuto para o outro, num estalo de dedos. É só sair da falação improdutiva das massas e entrar em contato com o Sagrado que está dentro de nós....Simples assim...

Cristiane Boog
Fonte: www.crisboog.com.br

Share/Bookmark

Nenhum comentário: