17 de dezembro de 2009



Felicidade é uma caixinha

Felicidade é uma caixinha  que insistimos em guardar escondido para um dia usarmos. Todos os dias acordamos pertinho desta caixa, mas com nossos sonhos mais loucos vamos guardando a caixinha nos lugares mais altos, cada vez mais longe de nossas mãos.
Algumas pessoas andam com essa caixinha nas mãos diariamente e quando encontram o primeiro obstáculo amassam-na com reclamações e choro de quem nem ao menos tentou lutar.
Outras pessoas carregam a caixinha da felicidade na bolsa, usam como “arma”. Na empresa, na escola e na rua com os amigos, descarregam-na mostrando seu melhor sorriso, mas quando chegam em casa, na hora do convívio com sua família guardam a caixinha e fecham a cara, o mau-humor é a sua marca registrada no lar.
Existem pessoas que carregam a sua caixinha de felicidade e nem sabem que a possuem, são os verdadeiros amigos, a pessoa amada, filhos, ou o emprego do qual elas não se cansam de reclamar. Só percebem que possuíam a caixinha da felicidade quando a perdem, quando conseguem afastar todos da sua vida porque passaram o tempo todo correndo atrás do “ouro dos tolos”.
E tem aqueles que buscam encher a sua caixinha com um monte de tranqueiras numa corrida desesperada para encontrar em algum bem material a sua paz. Essas pessoas colocam na caixinha carros de luxo, apartamentos que nunca vão utilizar por completo, casas e mais casas que nunca vão morar, bebidas caríssimas, roupas que valem 500 cestas básicas, anéis e colares que nem cabem na caixinha. Acabam indo para o “caixão” sem poder levar nada de bom, nada de eterno…
E você? Onde você guarda a sua caixinha da felicidade?
Ela anda sempre com você, ou você a coloca sempre nos lugares mais distantes? Felicidade para você é viver este dia ou somente quando possuir aquela casa, aquele carro, aquela pessoa, aquele filho, aquele…, aquela, isso, aquilo.

Aprenda que a felicidade é uma caixinha que está onde você quiser levar,
use-a diariamente, seja educado, evite reclamações, ouça mais as pessoas,
preocupe-se um pouco com o mundo a sua volta, descubra que todos tem problemas e às vezes bem maiores que o seu, esforce-se mais, lute um,pouco mais, não desista, não permita que algo ou alguém roube a sua paz.

A felicidade é uma caixinha que você pode levar para onde quiser,
se eu fosse você, não à largaria por nada deste mundo.
Pense nisso.

Paulo Roberto Gaefke

Share/Bookmark

Um comentário:

REGINA GOULART SANTOS disse...

Padma, belíssimo texto.
Minha caixinha de felicidade se encontra dentro do coração, onde existe muita esperança por um mundo melhor, doação de amor, sonhos, e busca constante por metas, ideais, harmonia e acima de tudo, paz.
"Não tenho tudo que amo, mas amo tudo que tenho".

Muitos beijos