26 de abril de 2010


ACEITE-SE NA VIDA COM O YOGA

A hatha yoga é o estilo de yoga mais praticado aqui no Ocidente. É uma prática prazerosa que através de ásanas (posturas físicas), pranayamas (exercícios respiratórios) e meditação conduz o praticante a um estado de paz e tranqüilidade.
Outro grande benefício é o autoconhecimento, pois através das posturas vamos explorando nosso corpo físico, as emoções e os pensamentos gerados durante a execução das posturas e respiratórios.
Em muitos momentos durante a prática nos deparamos com limitações do corpo físico e precisamos aprender a aceitá-las. Às vezes queremos fazer uma postura além de nossos limites, gerando instabilidade e tremores musculares na postura, respiração ofegante e um estado mental de cobrança e agitação.
Dessa forma, esquecemos que ásana significa postura firme e confortável, e que devemos procurar o equilíbrio entre o esforço e a entrega, aceitando e amando a nós mesmos.
Nosso comportamento durante a prática é um reflexo de como agimos no dia a dia, portanto, se praticamos a aceitação e o amor em tudo na nossa vida, isto reflete como se dá a prática de hatha yoga. Do mesmo modo ocorre se tivermos pensamentos de autocobrança, rigidez de idéias ou dificuldade de aceitação própria ou alheia, pois tais sentimentos e sensações refletirão dentro da prática.
Por isso devemos observar nossos pensamentos, sentimentos e intenções durante a execução das posturas e dos exercícios respiratórios, para nos conhecermos melhor, conhecer como agimos conosco e com os outros de forma consciente, evoluindo em nosso relacionamento interior e com os que compartilham sua jornada de vida conosco a cada dia.
Sendo assim, a mensagem que deixo é a seguinte: vamos cultivar a aceitação, o amor, o respeito, a tolerância, o não julgamento conosco e com o próximo, dentro e fora da prática de yoga.
Namastê!
Amanda Dreher
Fonte: http://luzdaserra.com.br/enciclopedia/indexNoticeDetalhe.php?notice=997

Share/Bookmark

Um comentário:

Rejane-Enajer disse...

Já pratiquei Yoga e foi uma experiência maravilhosa.Tenho desgaste na condromalácea patelar e isso me impede de dobrar os joelhos e fazer os exercício,
em compensação faço muito relaxamento.É TUDO DE BOM!!
um abraço
Rejane