29 de abril de 2010



As mentes de vocês talvez não cheguem à compreensão de Deus; os corações de vocês já chegaram. As mentes foram feitas para cumprirem as ordens dos corações: as mentes falam do “como” e do “quando”, o “quê” já é um assunto mais profundo. A maior luta da vida, dentro de cada indivíduo, é a que se trava entre o intelecto e o coração: e o intelecto teima em contestar, “não compreendo e por isso não acredito”. Quando vocês estão com outros indivíduos – é com as mentes que vocês estão de fato em comunicação? Ou estarão falando com as almas, e as mentes só patinando em redor tentando pôr em ordem idéias e palavras? Quando em vocês as mentes perguntam “por que?” Vocês se inteiram da facilidade com que a elas satisfaz qualquer resposta superficial. Mas quando é o coração que pergunta:  “por quê?” – o que ele espera é exclusivamente a verdade de Deus. O coração é uma bússola que não erra dentro de cada um de vocês: melhor que a mente, o coração conhece a alma. A menos que em vocês esteja a mente a serviço do coração, ele há de ser como um senhor perverso e mal-intencionado. O único caminho bom para vocês é o que dentro de vocês já está traçado. Para chegarem a esse caminho, vocês devem escutar seus corações: é a única maneira, não há outra. Enquanto a mente miúda, em seu medo, é rigorosa e dominadora, a parte mais profunda de vocês há de estar suspirando pela verdade da eterna segurança e pela União de vocês com Deus. Portanto, escutem seus corações: é lá que estão a Luz e a verdade de vocês.
Emmanuel

Share/Bookmark

Nenhum comentário: