1 de maio de 2010





Os Quatro Compromissos

Seja Impecável com a Palavra
Já que ela é a ferramenta mais poderosa que você tem,
use-a sempre para a verdade e para o bem.
Assim como a palavra é capaz de construir
também pode destruir tudo em questão de momentos.
Não faça fofocas.
Elas só espalham um veneno
que pode voltar contra você depois.
Cumpra sempre o que promete
Ser impecável também significa
assumir a responsabilidade por seus atos
sem se culpar por esta ou aquela escolha.

Não Tire Conclusões
Seus dramas e tristezas existem
porque você acredita
que as suas conclusões são as corretas. 
Imagine o dia que você não tira conclusões sobre o
seu parceiro ou sobre todas as pessoas 
com as quais se relaciona.
A forma mais fácil de evitar confusões
é perguntar - e não deduzir - quando você não 
entende algo. Uma vez ouvida a resposta,
não sobrará espaço para falsas conclusões.

Não Leve Nada para o Lado Pessoal
Não sofra pelo que os outros dizem a seu respeito 
ou para você. Nada  disso é motivado por seus atos,
e sim por quem fez os comentários.
Cada um vive num mundo diferente,
levar tudo para o lado pessoal
significa presumir que os outros conhecem o seu mundo.
Esse é o pensamento deles sobre o mundo, não o seu.
Se você estiver imune às opiniões e ações das pessoas,
evitará sofrimentos desnecessários.

Sempre Dê o Melhor de Si
O último compromisso
permite que os outros três se tornem hábitos.
Em qualquer circunstância,
sempre faça o melhor,
nem mais nem menos.
Dessa forma,  você não vai julgar a si mesmo,
nem se sentir culpado ou se castigar
quando não conseguir cumprir um acordo.
É a ação que faz a diferença.
Refletir e exercitar os quatros compromissos
pode mudar a sua postura
diante da vida.

Miguel Ruiz

Share/Bookmark

Nenhum comentário: