6 de junho de 2010

PESSOAS EMOCIONALMENTE ESTÁVEIS VIVEM MAIS



O segredo para uma vida longa pode ser muito simples, de acordo com uma pesquisa do Instituto Nacional sobre o Envelhecimento, nos EUA. Após acompanhar mais de 2.300 pessoas por mais de 50 anos, os pesquisadores descobriram que pessoas calmas, física e socialmente ativas, vivem mais que outras pessoas.
Os resultados foram colhidos a partir dos dados de um estudo longitudinal (feito durante um longo período de tempo) e publicados no periódico científico Psychosomatic Medicine.
Esses resultados apontaram também uma ligação entre determinados traços de personalidade e idade avançada. A pesquisa mostrou que entre essas características pessoais estão estabilidade emocional, organização, disciplina, maior consciência sobre o que ocorre ao seu redor (analisam a vida de forma mais tranqüila) e reservas financeiras (feitas durante sua juventude).
Outros traços de personalidade, ao contrário, parecem contribuir com uma vida mais breve: raiva, instabilidade de humor, ansiedade e depressão são alguns desses pontos negativos para uma vida pior na velhice.
Outros fatores também contribuem, o estudo, entretanto não é novidade. A maioria das pessoas sabe que felicidade e estilo de vida saudável levam a uma boa saúde. Um estudo similar, feito em 2003 e publicado no mesmo periódico que homens com o tipo de personalidade competitiva, impaciente e ansiosa têm maiores riscos de ataques cardíacos em idade mais jovens que aqueles sem essas características.
Mas também é importante lembrar que somente personalidade e nível de atividade não é um fator único e predominante e que tudo isso pode ser uma escolha pessoal e, portanto, suscetível a mudanças a qualquer momento, dependendo apenas do indivíduo.
Se você acha que tem essas características mais ansiosas e leva uma vida sedentária, procure formas de mudar suas atitudes. Procurar ajuda de profissionais da área de saúde mental é a primeira coisa que você pode fazer por si mesmo.
Além disso, procure ter hobbies, inicie atividades físicas simples – como andar ou praticar tai-chi-chuan ou yoga – exercite a espiritualidade ou outras formas de contatos sociais que levem a pensamentos mais positivos e principalmente não confunda sua carreira profissional com sua identidade pessoal. O ano que se inicia pode ser uma ótima oportunidade para pensar em viver mais e melhor.
Fonte: http://phatae.com/2010/01/longevidade-emocional/  

Share/Bookmark

Nenhum comentário: