9 de junho de 2010

SEM LAR



A bem aventurança nunca tem lar, é uma errante.
A felicidade tem um lar, a infelicidade também tem um lar, mas a bem aventurança, não.
Ela é como uma nuvem branca, sem raízes em lugar algum.
No momento em que você cria raízes, a bem aventurança desaparece e você começa a se apegar à terra.
Lar significa segurança, garantia, conforto, conveniência.
E, finalmente, se todas essas coisas forem reduzidas a uma só, lar significa morte.
Quanto mais vivo você estiver, menos lar terá.
Este é o significado básico de sermos um buscador: viver a vida em perigo, viver a vida em insegurança.
Viver a vida sem saber o que virá em seguida, permanecer sempre disponível e capaz de se surpreender.
Se você puder ficar surpreso, estará vivo.
Maravilhar-se (wonder, em inglês) e peregrinar (wander, em inglês) vem da mesma raiz.
Uma mente fixa passa a ser incapaz de maravilhar-se, porque ela passou a ser incapaz de peregrinar.
Assim, seja um peregrino, como uma nuvem, e cada momento traz infinitas surpresas.
Permaneça sem lar. Sem lar não significa não viver em uma casa;
Significa simplesmente nunca ficar apegado a coisa alguma.
Mesmo se você viver em um palácio, nunca se apegue.
Se chegar o momento de partir, siga em frente sem olhar para trás.
Nada o prende; você usa tudo, desfruta tudo, mas permanece o senhor.
Osho    

Share/Bookmark

Nenhum comentário: