26 de agosto de 2010

APRENDENDO COM A VIDA


A vida é tão simples e gostosa que quando a complicamos mais parece uma injúria, pois ela deveria fluir leve como uma pluma que encontra o seu caminho seguindo a brisa. Assim, serenos, deveríamos desenvolver a nossa essência, suave em nossa condição de eternos aprendizes evitando desgastes desnecessários ao longo da nossa existência rumo a nossa evolução.
Por inúmeros motivos diferentes originados em nosso passado acabamos por dificultar o que deveria ser simples e estar claro: nossas ações anteriores complicaram a nossa evolução, portanto, nascemos para amenizar esses desvios. Muitas atitudes foram tomadas que em vez de auxiliar, atrapalharam o nosso crescimento, perante isso surge à necessidade do resgate nesse aspecto, pois algo está em aberto e precisa ser concluído.
Na maioria das vezes sequer paramos para refletir sobre quem somos ou do por que nascemos para iniciar um caminho que nos leve de volta ao nosso interior. Infelizmente, fingimos que nossa vida está bem, quando não está, escondendo de nós mesmos a verdade de que algo está faltando, um vazio que não se sabe bem o que é para então saber com o que preenchê-lo. E assim levamos o nosso dia a dia, até o momento em que ele se torna insuportável, e só a partir de então, deixamos de dissimular as situações que nos pedem decisões, que permitimos nos anular ou enraivecer com as pessoas, as culpando, colocando-as no posto de vilãs por nos sentir desse ou daquele jeito.
É preciso despertar para o fato de que não são as pessoas responsáveis por aquilo que sentimos, mas sim nós mesmos, pois o aprendizado é nosso, não delas, sendo assim, somos nós quem criamos nossa realidade baseado naquilo que viemos curar aqui nessa escola, a Terra. Poderíamos entender nesse instante, que sendo nosso o aprendizado, sendo ele o real motivo do nosso nascimento, o universo todo se encarregará de nos proporcionar situações com pessoas e lugares diversos para percebermos isso. Entretanto, transferimos responsabilidades que são nossas para as demais pessoas, adotando o ataque como uma defesa sem pensar ou refletir antes do que realmente estamos querendo nos proteger. É muito comum viver no piloto automático, em uma rotina diária que anestesia nossos sentidos, inebriando nossa vontade de querer evoluir e é nesse ponto que deixamos de questionar, de ficar atentos ao que acontece conosco para entender os recados que o universo nos dá quanto a estarmos ou não em um caminho mais harmonioso de evolução.
A vida é uma grande oportunidade de crescimento, lugar para nos redimir do nosso passado, curar nossas feridas emocionais, perdoar e ser perdoado, vivenciar aquilo que provocamos em nosso irmão como forma de compreender sentindo na pele o que realmente fizemos a ele. Enfim, é uma dádiva viver, exige de nós responsabilidade e compromisso, estar em constante vigilância para o que a vida nos mostra, fazer a nossa parte com humildade e persistência, confiando na divina providência, permitindo que ela guie nossos passos para alcançarmos a ascensão.
O que fica são as perguntas:
Topa deixar-se conduzir pela espiritualidade durante a sua permanência aqui na Terra? Aprender com tudo e todos que ela lhe oferece? Seguir em frente por opção sua e não dela? Está em suas mãos, você decide.
Aline Schulz
Fonte: http://luzdaserra.com.br

Share/Bookmark

2 comentários:

Sergio disse...

Sabias que és um dos meus amig@s? Venho agradecer-te por existires e seres um del@s...! Se vais ao meu blog saberás a que me refiro... e se queres levas contigo o regalo que, com muito carinho, está pensado para pessoas como tu...!
Mereces mais..., mas é o melhor que posso dar-te hoje... És um presente para mim... E é o que eu posso oferecer-te, hoje, a ti... El Puente

Um abraço.

Sergio

REGINA GOULART SANTOS disse...

Patrícia Melo, minha amiga.
Quantas verdades e sabedoria contidas no seu belo texto.
Realmente, estamos nesse plano astral para aprender, evoluir e nos transformar em pessoas melhores.
Estamos sempre aprendendo com nossos ensaios e erros, diariamente, e muitas vezes acabamos acertando.
O caminho é sempre o conhecimento, e as boas ações partidas de um coração bem nutrido de amor incondicional.

Beijos de luz na alma

Regina Goulart