23 de agosto de 2010

REFLEXÕES





Luz e sombra
Sol! Sol que brilha intensamente, que aquece a todos sem distinção! Tua luz é responsável pelo entendimento, mas  também pela sombra do mundo! Aí   está   algo   importante   para   se   refletir:   a   luz   é essencial, mas ela mesma produz a sombra. Luz e sombra são a dualidade primordial,  a dualidade  tão fundamental  para o aprendizado e desenvolvimento dos seres. Aproveitemos a luz  da compreensão e do discernimento,  mas não desprezemos a sombra que nos serviu de base um dia. A sombra é a alavancaque nos transporta para a luz! Assim, você que possui um lado sombrio ainda marcante,  busque a sabedoria de usá-lo bem,  ao   invés   de   se   perder   nele.   Se   é   impulsivo,   transforme impulsividade em ação construtora. Se é invejoso, use a vitória alheia como estímulo para você mesmo prosperar. Se acredita que é um fracassado, extraia das derrotas os aprendizados que o conduzirão à vitória. Nas sombras projetadas pela luz, estão os fundamentos da própria luz!

Pobreza e riqueza
Pobreza e riqueza:  faces da mesma moeda! Um  lado induz ao aprendizado do comedimento e do equilíbrio. O outro lado induz ao aprendizado da expansão e da generosidade.Pobreza sem equilíbrio significa miséria! Riqueza sem generosidade também significa miséria! Assim,  facilmente se percebe   que   tanto   o   rico,   quanto   o   pobre,   podem   ser  miseráveis.  A boa pobreza  e  a boa  riqueza  são atributos  a serem   alcançados   pela   alma.   Um   bom   administrador gerenciará com sabedoria,   tendo muitos ou poucos recursos  materiais   a   sua   disposição.   Já   um  esbanjador   inveteradopermanecerá  como um mal  administrador,   tendo parcos  ou fartos recursos a sua mão.  Aproveite bem as dádivas que a vida lhe oferece!

Transformação
A  terra  transforma os  corpos  que  se decompõem.  A Terra transforma as almas na jornada da vida. Corpo e alma passam,   incansavelmente,   por   sucessivas   experiências   de transformação.   É   um   ciclo   aparentemente   interminável, burilando a essência do que é eterno. Nada é estático, tudo se movimenta. Águas estagnadas apodrecem! Mas, até mesmo a deterioração consiste numa transformação. Há um ritmo imposto pela Força Universal. A marcha é inexorável! Assim, irmãos, não se detenham! O grande alvo é a Sabedoria! Transformação gera Harmonia.  Harmonia é Sabedoria!

Pablo de Salamanca, in
Reflexões (espírito SUFI) - pág. 12-14   

Share/Bookmark

Um comentário:

Chica disse...

Maravilhosas reflexões esse post nos permite...um beijo,linda semana,chica