9 de outubro de 2010

PARA DESVANECER A IGNORÂNCIA ESPIRITUAL



O êxito espiritual está na capacidade de "sintonizar-se" (ou por-se em harmonia) conscientemente com a Mente Cósmica, assim como também na habilidade para conservar  a serenidade e o equilíbrio em toda circunstância, inclusive ante fatos irreparáveis, tais como o decesso (morte) dos seres queridos ou outras perdas semelhantes. Não deverias entristecer-te quando a lei da Natureza te separa daqueles a quem amas, ou melhor, deverias  agradecer humildemente a Deus por  te haver concedido durante algum tempo o privilégio de amar, atender e cuidar a um de seus filhos.
Para alcançar o êxito espiritual, devemos compreender os mistérios da vida e enfrentar alegre e valorosamente todas as circunstâncias, conscientes de que os acontecimentos se desenvolvem de acordo  com um formoso plano divino. O conhecimento constitui o único caminho para sanar o mal da ignorância.

AFIRMAÇÃO:

Sei que o poder de Deus é ilimitado.
Como fui feito à sua imagem, eu também
estou dotado da força para
 vencer todos os obstáculos.
Meu é o poder criador do Espírito.
A Inteligência Infinita me guia e resolverá
todo problema.
Deus é meu próprio Banco Divino,
 de caudais inesgotáveis.
Sempre serei rico,
pois tenho acesso à Providência Cósmica.
Avançarei com fé perfeita, confiando
 no poder do Bem Onipresente,
 que me outorgará quanto necessite,
no momento em que o necessite.
O sol da prosperidade divina irrompe
 através do escuro céu de minhas
limitações. Sou filho de Deus;
tudo quanto é seu, é meu.

Yogananda, in
A cura

Share/Bookmark

2 comentários:

Impermanências disse...

Olá Patrícia,

Devemos ter o domínio da própria mente, para que o pensamento seja sempre calmo e sereno e, através da mente, o domínio dos nervos, a fim de que sejam o menos irritáveis possível e quando houver dor, ainda assim conter a mente. A mente calma implica em coragem a fim de enfrentar as provas e as dificuldades, sejam quais forem. Ainda assim, sabendo disso, é uma dura e árdua tarefa manter esse estado de calma.
Namastê!!

Impermanências disse...

Cara Patrícia,

posso levar a pombinha da paz?
Namastê!!