20 de outubro de 2010

A PRÁTICA DA IDEALIZAÇÃO



O esoterismo ensina que os acontecimentos de vossa vida material são a reprodução exata do que se passa em vossa vida interna, e que, para mudardes as circunstâncias de vossa vida, é necessário que modifiqueis vosso ser interno ou psíquico. Esse ser, constituído pelo conjunto de vossos pensamentos e sentimentos, varia com a mudança de vossas idéias e de acordo com as imagens mentais gravadas em vosso subconsciente. São essas idéias e imagens mentais que dirigem as forças de vosso ser psíquico, fazendo-as atraírem aquilo que corresponde a tais idéias e imagens. Como essa mudança não se opera repentinamente, mas se efetua aos poucos, começais a atrair coisas novas e melhores, antes de se ter dado completa mudança em vossa organização psíquica. Como essa mudança é apenas parcial e gradativa, nunca podeis atrair de um momento para outro,  coisas inteiramente novas e melhores, mas sim uma parte de coisas boas e outra de coisas desagradáveis. É por esse motivo que, muitas vezes, apesar de terdes obtido certa melhora em vossas vidas, podeis continuar a atrair perturbações e adversidades. Para poderdes atrair só coisas boas, é preciso que tenhais adquirido o hábito de manter em vossa mente só as idéias e imagens daquilo que desejardes conseguir. Enquanto não tiverdes adquirido esse hábito, vossos pensamentos estarão sujeitos à vacilação e mudarão à primeira dificuldade, atrasando assim os resultados que esperais. Para operardes uma verdadeira mudança em vossas existências e dar-lhe uma diretriz realmente benéfica e feliz, é preciso que tenhais bastante apego aos vossos ideais para esperar o tempo necessário para a realização deles. Se pudésseis obter um estado de absoluta confiança, em pouco tempo as vossas aspirações se realizariam, porque todas as forças de vossa alma se concentrariam no ideal que tendes em vista. Quando notardes que os resultados não se apresentam logo, em vez de vacilardes e mudardes de idéia, fortalecei, por meio da concentração mental,  as imagens do que desejais conseguir, porque, quanto mais clara for essa imagem, mais rapidamente triunfareis. Escolhei sempre o mais alto ideal que puderdes conceber, porque assim não tereis necessidade de alterá-lo e todo progresso que fizerdes será uma aproximação do mesmo. É de suma importância determinardes positivamente os ideais que desejais realizar, e vos apegueis a eles até que sejam expressos materialmente, seja o que for que aconteça antes disso. Para que vossos ideais possam realizar-se, é necessário que sejam firmes e tenham uma base sólida nas necessidades reais de vosso ser, isto é, que sejam bastante elevados para vos servirem de inspiração e incentivo aos vossos esforços na existência ativa. Quando vossos ideais forem estabelecidos de tal forma que se mantenham sempre perante a vossa mente, apesar de todos os obstáculos, podeis ter perfeita fé e confiança em que se tornarão realidades materiais. Porém, quando vacilais sobre os resultados e sentis desânimo diante dos obstáculos, o mais certo é que as vossas esperanças não se realizarão. Não é necessário idealizardes os menores detalhes daquilo que desejais realizar, mas importa que vejais mentalmente a coisa completa e perfeita como quereis. Deveis mentalizar todas as partes essenciais das vossas aspirações, deixando de lado as partes secundárias. Assim, por exemplo, se quiserdes mentalizar um corpo perfeito, não é necessário que formeis uma idéia perfeita de vossa aparência psíquica, porquanto não sabeis a aparência que vosso corpo deve ter para ser perfeito. O que deveis fazer é mentalizar a perfeição de cada parte de vossa forma física, e essa qualidade se expressará cada vez mais em vossa pessoa. Assim também, se quiserdes obter um novo ambiente, não deveis mentalizar um lugar especial, nem as pessoas ou coisas especiais de vosso novo ambiente. Imaginai o ambiente geral que desejais e as pessoas se apresentarão de acordo com a vossa mentalização. Mentalizai um ambiente ideal, imaginando-o harmônico, belo, tranqüilo, próspero, repleto de bons amigos e circunstâncias felizes. Gravai esse ideal em vosso subconsciente e mantenha essa imagem na vossa memória, com verdadeira fé e confiança, e vereis que, aos poucos, irá se expressando em vossa vida, até tê-la transformado inteiramente. A lei das imagens mentais é a base de tudo quanto existe neste mundo e é por meio dela que se efetua a criação das coisas que vedes ao redor de vós. A aplicação dessa lei tem produzido a eliminação de muitas moléstias crônicas, em algumas semanas de tratamento feito pelo próprio doente. Não há muito, um irmão nos escreveu que, seguindo este processo, se curou de uma grave moléstia, para cuja cura a medicina não dava mais esperanças. A maior dificuldade para conseguirdes resultados por meio deste processo está em adquirirdes o hábito de mentalizar diariamente aquilo que pretendeis conseguir. Poderia citar-vos inúmeros exemplos de resultados obtidos por este meio, os quais provam que tendes possibilidades imensas e se quiserdes efetivamente, realizareis tudo o que for necessário para vosso bem-estar e felicidade. Para que os resultados se manifestem, é preciso que tenhais plena confiança na sua realização, porque a falta de confiança, a dúvida e todas as idéias negativas produzem uma imagem mental contrária ao que desejais manifestar, a qual poderá ser tão forte que produza justamente o que receais. Não há limites para os resultados que podeis obter pelo pensamento focalizado em imagens mentais escolhidas, porém, é preciso que aprendais a formar essas imagens com bastante clareza e que eviteis destruí-las com a formação de outras imagens contrárias, como sucede amiúde com as pessoas que mudam suas idéias a todo momento. A mentalização e a concentração do pensamento num ideal definido é de grande importância para a modificação de nosso caráter, permitindo-vos adquirir qualidades superiores e corrigir os vossos defeitos, coisas que são indispensáveis para poderdes ter uma existência feliz. Se tiverdes o trabalho de analisar como é que aprendestes alguma coisa qualquer em vossa vida, vereis que isso se deu pelo exercício da mentalização, realizada quase sempre inconscientemente. Porém, se a aplicardes com o conhecimento do modo de aplicá-la e com a consciência dos resultados que vos dará, é que chegareis a convencer-vos do imenso valor que tem para vós. As mais altas qualidades que possais adquirir por meio da idealização podem ser sintetizadas nas quatro palavras (...): Harmonia, Amor, Verdade e Justiça. Por conseguinte, essas palavras devem constituir objeto especial de vossas mentalizações, pois, se conseguirdes torná-las efetivas em vossas vidas, tudo o mais será alcançado.
Lourenço Prado  

Share/Bookmark

Um comentário:

Talita disse...

Olá

Ótimo post, bastante completo e esclarecedor.

Normalmente em nossas vidas não levamos em conta a importância que as nossas mentalizações tem. Temos que prestar mais atenção naquilo que pensamos e que desejamos...

Paz