12 de novembro de 2010

FLORAIS DE BACH: REMÉDIOS DE CORPO E ALMA



O ser humano é um todo constituído de corpo, mente e alma. E a saúde ou a doença são pólos opostos, decorrentes da harmonia ou desarmonia da pessoa para consigo mesma e para com as leis e princípios naturais, planetários e universais. Quando a pessoa é afastada, se afasta ou se deixa afastar da sintonia de integração para consigo mesma ela entra em desarmonia mental e orgânica, entra em disritmia com a natureza, o planeta e o universo permitindo o aparecimento de estados afetivos ou emocionais em desequilíbrio, que são os sintomas, os quais desestabilizam a pessoa, tornando-a predisposta e suscetível a adoecer. Mas o que é sintoma? Sintoma é um sinal de alerta, um aviso de que a pessoa está enferma. Ausência de sintomas físicos ou orgânicos necessariamente não significa saúde, significa neutralidade, pois, a causa da enfermidade é dinâmica e imaterial, permanecendo oculta enquanto não é drenada ou materializada no corpo físico.
Portanto, a enfermidade pode ser preventivamente tratada antes que se manifeste a somatização a nível corporal. E cada sintoma é uma mensagem a ser decifrada com imparcialidade por um bom observador, pois é muito difícil de ser feito, sendo mais fácil prescrever para outras pessoas do que para si mesmo.
E sendo o ser humano um ser natural é válido o tratamento com remédios naturais. Assim, desde tempos imemoriais, o ser humano vem se utilizando das ervas e plantas medicinais. E assim, a sensibilidade do Dr. Bach o levou a descobrir as sutis propriedades curativas das flores. Dr. Edward Bach sempre acreditou que as flores são a manifestação suprema das plantas superiores e que nelas a concentração e intensidade de energia curativa e vital era maior que em outras partes das plantas. Aliás, curiosamente, as flores são os órgãos de reprodução das plantas superiores, contendo os aparelhos genitais feminino e masculino, sendo que a flor é a sexualidade das plantas.
E, na década de 30, precisamente entre 1930 e 1936, Dr. Bach, após observações, afirmou que, geralmente as doenças são provenientes das alterações e desequilíbrios emocionais. E, nos campos do País de Gales ele descobriu, fez experimentações, pesquisou e sistematizou seu "método terapêutico" de cura natural e simples, fundamentado nas propriedades curativas das flores dinamizadas de forma especial pela fervura e pela ação dos raios solares. E, utilizando a essência das flores produziu os chamados Remédios Florais do Dr. Bach, os quais atuam nos estados emocionais e orgânicos promovendo o equilíbrio e a saúde mental e corporal.
A Terapia Floral é o método de cura energético, magnético e vibracional, agindo nos níveis energéticos superiores até a estrutura física e celular. As essências florais funcionam como catalisadores que permitem a transmutação de características inferiores em qualidades e virtudes. Desde Que corretamente selecionados, os florais proporcionam um impulso energético que agirá nos sintomas, permitindo um desbloqueio e desobstrução dos canais energéticos interiores gerando uma livre circulação das energias. Isto pode levar a pessoa a meditar, refletir permitindo que ela se ame, se conheça, se cuide, cresça, desenvolva-se e evolua para uma individualidade plena de independência e liberdade. Liberdade de ser, de estar, de pensar, de sentir, e de viver em prol da realização de todas as metas, objetivos, ideais e sonhos.
Durante o tratamento, os estados emocionais negativos à pessoa diminuem ou desaparecem dando passagem a outros estados mentais mais profundos que se afloram para serem tratados e trabalhados a nível psicológico.
Os sexagenários Remédios Florais do Dr. Bach não causam efeitos colaterais ou reações danosas, não criam dependência física ou psíquica, sendo reconhecido pela Organização Mundial de Saúde entre os " métodos terapêuticos " alternativos. E quando necessário, os florais podem ser utilizados alternada ou conjuntamente com quaisquer outros tipos de terapêuticas ou terapias. Aliás, recentemente, outros florais vem sendo estudados e pesquisados destacando-se os sistemas florais da Califórnia, da Austrália, do Alasca, de Minas, etc. Diante da grandeza floral do estado de Minas Gerais, estes últimos devem ser chamados Florais de Itauna-MG.
E prescrever uma ou várias flores, somente de um ou de vários sistemas florais , é questão de conduta de cada médico-terapeuta, pois proporcionar a saúde interior, mental e orgânica é o que importa. Trata-se, portanto, de uma terapia integral, da pessoa como um todo. É um tratamento individualizado e personalizado através do qual se justapõe à personalidade em questão, uma flor ou uma composição floral mínima necessária e suficiente para gerar um estado de saúde mental, orgânica e, quem sabe, espiritual.
Não se deve confundir os autênticos e legítimos Remédios Florais do Dr. Bach com as "essências inglesas" ou outras que lhe são homônimas , pois tem o mesmo nome popular em inglês mas, pelas quais o Centro Bach não se responsabiliza.
A Florterapia ou Terapia Floral, tal qual a Acupuntura, a Antroposofia e a Fitoterapia, é um método terapêutico sem preconceitos, sendo praticada por médicos alopatas, médicos homeopatas, psicoterapeutas, psiquiatras e terapeutas, estando de acordo com o princípio geral "Primum non nocere".
Eduardo Lambert

Share/Bookmark

Nenhum comentário: