8 de dezembro de 2010

SOBRE A PACIÊNCIA E A PAZ



- Quando aramos o solo para o cultivo, precisamos de paciência para arrancar todas as ervas daninhas imprestáveis e esperar, mesmo que o solo pareça estéril, até que as boas sementes escondidas possam germinar e se transformar em plantas. Precisamos de mais paciência ainda para limpar o campo de nossa consciência, coberto com as ervas daninhas dos apegos inúteis aos prazeres sensoriais, que são muito difíceis de serem erradicados. Porém, quando o campo da consciência estiver limpo e semeado com as sementes das boas qualidades, as plantas das nobres atividades brotarão, produzindo abundantemente os frutos da verdadeira felicidade. Acima de tudo, tenha paciência para buscar a comunhão com Deus através da meditação profunda e tornar-se consciente da sua alma indestrutível, escondida no seu perecível corpo físico.
- A verdade é que aquilo que você procura está com você o tempo todo, mais próximo que as mãos ou os pés. A qualquer momento você poderá ser elevado acima da matéria e da limitação pessoal. Espere pacientemente por Ele.
- Não procure por uma flor no seu jardim espiritual todo dia. Plante a semente, regue-a com preces e com o empenho correto. Quando ela brotar, cuide da planta, arrancando as ervas daninhas da dúvida, da indecisão e da indiferença que possam crescer em volta. Então, numa manhã você verá surgir, repentinamente, a sua tão esperada flor espiritual da Realização.
- Você é o seu próprio inimigo e não sabe. Você não aprende a sentar-se quietamente. Você não aprende a dedicar um tempo a Deus. E você é impaciente e espera alcançar o céu imediatamente. Você não consegue isso lendo livros, ouvindo sermões ou praticando a caridade. Você só consegue isso se dedicar o seu tempo a Ele em meditação profunda.
- Concentre sua mente interiormente no ponto entre as sobrancelhas (como na meditação), no ilimitado lago de paz. Sinta o eterno círculo de paz ondulante à sua volta. Quanto mais você observar atentamente, mais sentirá as ondulações de paz se expandindo das sobrancelhas para a testa, da testa para o coração e do coração para cada célula do seu corpo. Agora as águas de paz transbordam as margens do seu corpo e inundam o vasto território da sua mente. A torrente de paz flui além dos limites da sua mente e se move em infinitas direções.
- A paz é encontrada quando nos rendemos ao bem através da devoção. As pessoas que são amáveis, que praticam a quietude interior e que se deleitam com a meditação e com as boas ações, são realmente pacíficas. A paz é o altar de Deus; a condição na qual a felicidade existe.
- Viva integralmente cada momento presente e o futuro cuidará de si mesmo. Desfrute plenamente o milagre e a beleza de cada instante. Pratique a presença da paz. Quanto mais você fizer isto, mais você sentirá a presença desta força na sua vida.
- O indivíduo pacífico permanece calmo até quando necessita trabalhar; então ele passa à ação. E tão logo termina, volta ao seu centro de calma. Seja sempre calmo, como o pêndulo, que é imóvel, mas pronto para agir sempre que necessário.
- Se você quer viver em paz e harmonia, afirme a divina calma e paz, e irradie somente pensamentos de amor e boa vontade. Viva você mesmo uma vida de plenitude divina, de modo que todo aquele que cruzar o seu caminho seja ajudado só pelo fato de estar perto de você.
- Ser controlado pelas oscilações de humor é ser parte da matéria. Se você fixar a sua mente na resolução de nunca mais perder a paz, então você poderá alcançar a graça divina. Mantenha no seu íntimo um santuário secreto de silêncio, onde não será permitida a entrada das oscilações de humor, das aflições, das lutas ou da desarmonia. Todos os sentimentos de ódio, vingança e desejos em geral, devem ser deixados do lado de fora. Neste refúgio de paz, Deus lhe visitará.
- Quando você tiver paz em todos os movimentos do seu corpo, e paz em seus pensamentos e na sua força de vontade, e paz no seu amor, e paz e Deus em suas ambições, lembre-se: você conectou Deus à sua vida.
- Seja honesto consigo mesmo. O mundo não é honesto com você. O mundo adora a hipocrisia. Somente quando você for honesto consigo mesmo encontrará o caminho da paz interna.
- Quando nos tornarmos impregnados com a alegria de fazer os outros felizes, dando-lhes a paz Divina, saberemos então que Deus está Se expressando através de nós.
- Quando um enxame de preocupações invadirem a sua mente, não se deixe afetar. Espere calmamente enquanto procura o remédio. Pulverize as preocupações com o poderoso antídoto da sua paz.
Yogananda

Share/Bookmark

Nenhum comentário: