5 de março de 2011

SER



 Reserve um momento para sentar-se em quietude. Perceba-se. Exclua todos os estímulos externos. Ignore as ondas emocionais que passam dentro de você e simplesmente observe. Um é você, não como um objeto, mas como um ser que é simples existência. Pura percepção. Nada mais. Veja que cada pessoa e situação em sua vida vem e vai. Mas você sempre permanece. O outro é tudo que você coloca depois de ‘eu sou’ como: um dentista ou um francês. Eles podem descrever o que você faz ou onde você está mas não ‘o que’ você é. O impulso natural do ser é criar uma conexão com outros. Esse é o impulso primário do amor.  Você existe para ser o que é: uma fonte de amor. Sua verdadeira identidade é ‘ser’, seu contexto chama-se ‘relacionamentos’ e seu maior recurso interior é também seu valor mais profundo que é o amor.
Brahma Kumaris 


Share/Bookmark

4 comentários:

Marlene disse...

Patricia que texto mais lindo mais profundo que maravilha podermos entrar nesta paz nesta serenidade quando o mundo a nossa volta,esta
transfigurado,pela euforia das festas de carnaval,presisamos,examinar sempre nosso interior,meditar orar
pelo mundo pela paz,pela humanidade em geral.amiga eu a convido a vir
conhecer(www.mimos e selinhos.blogspot.com)bjs marlene

Flávia M. disse...

Patrícia, é preciso quietude, coisa que eu raramente tenho... É exatamente isso que eu preciso, buscar a completude dentro e não fora. Texto mais do que bom, inspirado por Deus para o meu momento. Obrigada por contribuir com os laços de amor no mundo.

Maria Luiza Silveira Teles disse...

Patrícia, todo o seu blog é lindo, assim como este texto de Brahna Kumaris, que tanto amo!
Descobri vc hoje através do blog do Jorge e estou encantada. Quanta Luz e quanta Paz o blog transmite! é uma energia linda! Passei a seguí-la, mas, até agora, não vi minha foto lá... Convido-a a visitar-me e, se possível, deixar comentário. Vou amar!
Bjs no seu lindo coração,
Maria Luiza

jose cordeiro disse...

***com certeza, lendo a beleza desta mensagem, entrando na reflexão aprendemos muito...obrigado por poder participar deste caminho... gratidão