28 de agosto de 2011

A BUSCA


Raralobinski

“Se alguns vêm a essa busca por causa do desgosto com o mundo e seus caminhos, ou do desapontamento com a vida e suas experiências, outro vêm a ela por causa do desgosto, desapontamento ou insatisfação consigo mesmos. Só alguns poucos vêm por causa da sede da verdade pela verdade, ou por causa da sensação de falta de plenitude oriunda de uma existência meramente materialista”.
”É uma busca para se tornar consciente da Consciência, para explorar o "eu" e penetrar o mistério de sua capacidade cognitiva”.
”É um esforço para elevar a um plano superior e para expandir a uma medida maior o todo da identidade do homem. Faz surgir a parte mais importante dele mesmo - ser, essência, Consciência”.
”É nosso dever supremo procurar e cultivar nossos mais divinos atributos. É só assim que nos realizamos verdadeiramente. Essa procura e esse aperfeiçoamento constituem a Busca”.
”É um chamado para os que querem alimento interior de fontes reais, e não de fontes fantasiosas ou imaginarias. Afasta-os de coisas, aparências, exibições e exterioridades, conduzindo-os ao ser interno, à realidade”.
”A própria idéia de uma busca implica uma passagem, um movimento definido de um lugar para o outro. Aqui, naturalmente, a passagem é de um estado a outro. É uma jornada sagrada, de modo que o que nela está engajado é verdadeiramente um peregrino. E, como em muitas jornadas, pode-se encontrar dificuldades, fadigas, obstáculos, atrasos e tentações no caminho. E nesta, certamente, haverá também perigos, armadilhas, antagonismos e inimizades. A intuição e a razão, do indivíduo, seus livros e amigos, sua experiência e seriedade serão seu guia nesse caminho. E há outra característica especial a ser observada. É uma jornada de volta para a casa. O Pai está esperando por seu filho. O Pai o receberá, o alimentará e o abençoará”.
”A busca da realização espiritual é, na verdade, a procura de uma participação mais plena na Paz Divina, o verdadeiro céu que nos aguarda no final, seja na liberdade da chamada morte ou dentro dos limites da carne".
"O que é a busca senão um processo de reeducação moral e autoconquista mental, uma profunda investigação e superação dos defeitos que impedem a Luz de entrar na mente?”.
"Há outro tipo de exploração além de atravessar desertos, penetrar selvas, galgar montanhas e cruzar continentes. É a que procura o interior misterioso da mente humana, escala os alcances mais elevados da consciência humana e depois volta para relatar rotas e descobertas, para descrever as metas para os outros, de modo que eles também, se quiserem, possam encontrar seu caminho.".
Paul Brunton

Share/Bookmark

2 comentários:

ALSIBAR disse...

Seu blog é arte e espiritualidade em perfeita comunhão! As fotos dão água na boca só de ver e as mensagens são profundamente poéticas e belas. Parabéns!

alsibar
http://alsibar.blogspot.com

MisteriosaMente A.A.A. disse...

É maravilhoso chegar aqui e sentir que podemos encontrar a água que nos mata a sede! Você é realmente uma daqueles seres humanos que chegou para cumprir uma missão linda... matar a sede aos viajantes não é para qualquer um, este tipo de sede só pode matar quem tem uma alma iluminada como a sua... bem haja e que o manto o Mestre Amado a cubra de bençãos e boas energias.