7 de setembro de 2011

PUREZA



"Quando falo de pureza, é principalmente sobre a pureza dos pensamentos e sentimentos que quero insistir. Para purificarem os seus pensamentos e os seus sentimentos, vocês devem evitar todos os cálculos egoístas e provar que são desinteressados e generosos com a maior freqüência que puderem.
Sempre que procuram tirar vantagens pessoais de uma situação, vocês se obscurecem e contraem dívidas que os sobrecarregam. Certo, nenhuma justiça humana virá lhes cobrar, pois a justiça humana não se ocupa com pensamentos e sentimentos, mas a Justiça divina enviará os seus oficiais de justiça, e vocês deverão pagar os suas dívidas. Vocês dirão: «Como pagar as dívidas?».
Sim, e essas dívidas são pagas no plano psíquico com privações e sofrimentos. Os estados de peso e escuridão interior que às vezes vocês sentem, são o resultado das dívidas que contraíram. Mas, então, como pagá-las? Com a sua bondade, a sua generosidade, a sua abnegação.
Mas, sobretudo, esforcem-se para não contraírem outras dívidas."
Omraam Mikhaël Aïvanhov

Share/Bookmark

Um comentário:

Esperança disse...

Amada irmã Patrícia Melo,

Nós é que agradecemos sua presença cheia de luz neste lugar.
Que texto belo!!! Adorei.

Abraços de muita luz e paz.