15 de outubro de 2012

O CAMINHO ESTÁ DENTRO DE NÓS



Na terra física, rara é a pessoa que não se queixa de alguma coisa, que não esteja constantemente doente de um modo ou de outro. Um não faz bem a digestão, outro sofre de incessantes dores de cabeça, um terceiro padece de esgotamento nervoso, e assim por diante. No mundo da emoção, as coisas não se passam melhor, pois as pessoas com freqüência se deixam abater e torturar por sentimentos violentos, melancolia, cólera, ciúme, inveja, e se tornam assim desnecessariamente infelizes. Nem ficam em paz mentalmente, porque estão sempre saltando de uma para outra linha de pensamento, confusos e cheios de preocupações, desejando sem cessar coisas novas antes de haverem compreendido ou utilizado as velhas.
São três as coisas dessa inquietação universal: a ignorância, o desejo e o egoísmo. O caminho para a paz consiste, portanto, em transpor tais obstáculos, substituindo-os pelos seus contrários; em adquirir conhecimentos, autodomínio e altruísmo. Pensam os homens muitas vezes que as causas de suas ansiedades são externas, que o sofrimento e os dissabores lhes fazem pressão de fora, sem refletirem  que não há fator externo que os possa influenciar a não ser que o consintam. Ninguém, se não nós mesmos, pode fazer-nos mal ou embaraçar-nos, assim como pessoa alguma pode promover o nosso progresso, se não nós mesmos. Como já se disse muito bem no Oriente, o caminho está dentro de nós. Se nos dermos ao trabalho de prestar atenção, veremos que é assim. Fonte: Livro: O Lado Oculto das Coisas - Charles Webster Leadbeater - Editora Pensamento.
Fonte: http://lucio-vergel.blogspot.com.br/

Share/Bookmark

Nenhum comentário: