24 de novembro de 2012

TRANQUILIZANDO OS ANIMAIS NAS FESTAS DE FIM DE ANO


Recebi por email e repasso na íntegra:

TRANQUILIZANDO OS ANIMAIS NAS FESTAS DE FIM DE ANO
Autor: Fátima Borges e Martha Follain


Tranqüilizando os Animais nas festas de final de ano - foguetório

Por Fátima Borges e Martha Follain

Amigos,
Todos os anos, Fátima Borges e eu, Martha Follain, repassamos esse texto com dicas, para acalmar nossos animais, por conta do infernal foguetório. Geralmente, começamos o envio no mês de novembro, para que todos possam mandar fazer os florais, etc.
Esse ano, com o compromisso que tenho, em sempre melhorar o tratamento, estou indicando alguns óleos diferentes, fitoterapia, e cromoterapia. Quem quiser usar a recomendação dos anos anteriores, tudo bem!

NATAL E PASSAGEM DE ANO DE 2012 - FLORAIS DE BACH, AROMATERAPIA E DICAS VALIOSAS!

Não há pior época para os animais que as festas de fim de ano, isso porque o pânico que sentem com o barulho ensurdecedor dos fogos de artifícios, é negligenciado pela grande maioria dos humanos, que esquece que a audição dos animais, principalmente dos cães, é muito maior que a nossa!

Muitos animais fogem apavorados e acabam perdidos e/ou atropelados, outros na ânsia de se livrarem do intenso barulho terminam enforcados em suas próprias correntes, alguns animais têm convulsões, há ainda os que pulam das janelas de apartamentos, tamanho o pavor que sentem dos fogos. Não é difícil que um animal mude completamente seu comportamento após passar pela tortura de não ter como se livrar do intenso foguetório humano.
O pior de tudo é que nessas épocas, dificilmente se encontrará veterinários disponíveis para um atendimento emergencial, daí, o mais acertado é prevenir. Todos os anos, a Terapeuta Martha Follain, indica uma fórmula Floral para que todo o relato acima seja evitado, assim, pedi a mesma, autorização para repassar às pessoas mais sensíveis a fantástica fórmula, pois sem contra- ndicação, nenhum mal poderá causar ao seu bichinho e ainda promoverá, certamente, a tranqüilidade de todos e a certeza de que seu animalzinho ficará muito mais sereno!

Florais de Bach:
ATENÇÃO: Quando for mandar manipular a fórmula Floral, lembre de avisar que a mesma NÂO poderá conter CONSERVANTES, portanto, O ÁLCOOL, A GLICERINA E O VINAGRE DE MAÇÃ estarão FORA! Nesta fórmula, somente poderá entrar ÁGUA MINERAL, e, embora, nas farmácias de manipulação costumem dizer que esta fórmula só dura dois dias, NA GELADEIRA, ela durará QUINZE DIAS, com certeza! Mande fazer, em qualquer farmácia de manipulação (aquela que avia receitas):

Recomendação: RESCUE + CHERRY PLUM + ROCK ROSE + LARCH + VERVAIN + SWEET CHESTNUT.

DOSAGEM: Para aves pequenas: 2 gotas da fórmula, 4 vezes ao dia, pode ser colocada no bebedouro;

Para aves médias: 4 gotas da fórmula, 4 vezes ao dia, pode ser colocada no bebedouro;

Para cães de pequeno e médio porte e gatos: 4 gotas da fórmula, 4 vezes ao dia, diretamente na boquinha;

Para cães de grande porte e gigantes: 6 gotas, 4 vezes ao dia, diretamente na boquinha de seu amigão;

Para cavalos ou animais de grande porte: 30 gotas, 4 vezes ao dia, no bebedouro.

Para se ter absoluto sucesso no tratamento, é interessante que se tenha continuidade no mesmo, lembrando de ministrar as gotinhas regularmente. Aconselha-se a começar o tratamento, pelo menos, 5 dias antes do Natal e estendê-lo até o dia 3 de janeiro, já que algumas pessoas insistem em prolongar a barulheira!

Aromaterapia:
Pingue1 gota de óleo essencial de lavanda no alto da cabecinha do animal, antes do foguetório.
No caso de aves, passar um pano no fundo da gaiola com 1 gota do óleo essencial de lavanda com ½ copo americano de água destilada.
Para cavalos (para não dispararem) - pingue cinco gotinhas de óleo essencial de lavanda + 5 gotas de óleo essencial de cipreste + 1 copo americano (200 ml) de água destilada. na baia, etc.

IMPORTANTE: Procure uma boa loja de produtos naturais, ou farmácia de manipulação ou farmácia homeopática - compre óleos essenciais naturais. Os sintéticos, além de não provocarem o efeito desejado, ainda podem causar alergias respiratórias.
Para comprar por internet, óleos puros, naturais, com preços juntos e que eu, Martha Follain, confio:
www.phytoterapica.com.br
São Paulo - SP
(11) 31686111

Fitoterapia:
Macela: Tranqüilizante: 2 copinhos de café – infusão – 2 colheres de sopa das flores secas para 1litro de água – dar durante o dia;

Cromoterapia:
Acenda uma lâmpada de 40 watts azul, no local onde o animal vai ficar.

OUTRAS DICAS PARA AJUDAR NOSSOS AMIGOS:
Procure manter seus gatinhos num quarto fechado, confortável, com água, comidinha e, se possível com música suave, onde ninguém tenha acesso. Deixe, pelo menos, uma porta de armário aberta para que eles possam entrar caso entrem em pânico, os gatos são muito sensíveis!

Quanto aos cãezinhos também deverão ser mantidos num cômodo confortável, livres de correntes, com música suave, sem que pessoas estranhas tenham acesso ao cômodo. NÃO deixe muitos cães juntos, pois o pânico que os rojões geram pode ocasionar brigas com consequências irreparáveis.
Saiba que é muito importante proteger seu animalzinho, seja qual for! Não faça com o outro o que não quer pra si próprio! Se você não puder colocar os animais dentro de casa, coloque música suave nos canis e, de preferência, lembre dos FLORAIS E ÓLEOS ESSENCIAIS da doutora Martha, principalmente, se não puder atender a campanha anual da Ong. FALA BICHO, quando determina nas festas de fim de ano, "BICHARADA, PASSA PRA DENTRO".
Fátima Borges - Professora de Português, Teatro Infantil, Poetisa, Artista Plástica, Vice-presidente da Ong. DAAJ-Defesa Animal e Ambiental com Apoio Jurídico.
Martha Follain - Terapeuta Holística: para animais humanos e animais não humanos - CRTH 0243 e CRT 21524
www.floraisecia.com.br
USE AS RECEITAS ACIMA PARA SEUS ANIMAIS E REPASSE A INDICAÇÃO !



Share/Bookmark

2 comentários:

Maria José Speglich disse...

Cooptei umas imagens suas.
Obrigada

Bom seria se pudessemos viver como se coloca aqui.

Abraços

Graça Cabral disse...

Adorei o post.
Vou passar isso para minha mãe, ela tem 3 cachorros e aqui em casa tenho uma gatinha muito esperta, mas também muito medrosa, pois resgatei-a da rua, em um dia de chuva quando era bem pequena e sinto que ela tem pavor de chuva imagina de fogos?
Obrigada.
Bjs.
Estou te seguindo, ok?